terça-feira, 9 de abril de 2013

Gerente, o escravo dos tempos modernos



Tudo começa quando aquele funcionário começa a se destacar na empresa, geralmente um novo funcionário contratado, é difícil ser um "prata da casa" porque com o tempo as pessoas mais antigas ficam estereotipadas. O comum é gostarem de "sangue novo". Pois bem, vendo a empolgação do novo funcionário e vendo principalmente que ele acredita no seu crescimento e que pode contribuir na empresa, surge a grande ideia: Vamos promovê-lo a gerente/supervisor!

Nossa! O funcionário se sente nas nuvens! Um salário maior, reconhecimento, tudo que queria , e ainda colocar as novas ideias na prática. Aceita muito feliz a nomeação.

O tempo vai passando, aquele extra de salário já está incorporado nas contas, nem sobra mais. As ideias novas muitas vezes encontram resistência, porque os gerentes mais velhos alegam a experiência acima de tudo e muitas vezes as ideias dos mais novos incomodam, saem da zona de conforto. A máquina da burocracia também não ajuda. A cobrança continua, afinal o gerente tem que dar o exemplo. Hora extra? Que conversa de hora extra é essa?! Já se recebe  comissão pra ser gerente. Nada disso, tem mais é que trabalhar quantas horas for preciso afinal é o responsável pelo setor. Se houver algum problema a culpa é sua.

E aí o que resta? Resta um escravo dos tempos modernos, e um ótimo escravo, alto nível, sem hora extra e que já não consegue mais deixar de ser escravo, já que perdendo a comissão o nível de vida vai cair.  São raros os casos em que estes escravo fogem. Geralmente eles sempre ultrapassam limites para se manterem escravos, 10, 11 horas de trabalho, fins de semana....

A próxima fase é o corpo não aguentar mais e o que fazem? Tempo pra parar um pouco?! Nada disso, remédios, médicos... Qualidade de vida baixando, gastos com remédios e outros luxos, um carro novo não resolve? Pode ser que resolva momentaneamente, mas logo depois a sequencia continua..... Vejo muitos falando: - É só uma fase, um dia vou sair disso.... Estou só formando meu patrimônio..... A idade é essa depois não vou ter mais condições pra ganhar tanto dinheiro assim....

A vida infelizmente não espera a fase passar, ela simplesmente passa. Conheço alguns amigos que estão nesta fase, torço para que eles saiam da "matrix" a tempo ou que saibam compatibilizar bastante as coisas, quem sabe não exista um escravo menos escravo?! :)














Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adoro receber comentários! Respondo o mais breve possível!
Bjs!
DAvila